quarta-feira, 27 de agosto de 2014

E assim recomeça a batalha!

Começando na Filosofia: É engraçado como a gente anda e procura as mudanças e no final acaba voltando pro que te faz bem... Voltando pra casa...

Ontem pela 3ª vez me vejo voltando ao programa dos Vigilantes do Peso, pra mim, o melhor grupo de apoio em referência ao emagrecimento, de todos os malditos e benditos métodos que tentei até hoje!
***Quantos de nós já não tentamos uma dieta, heiiiin?!?!?!?! Levante a mão ou aponte o dedo... rsrsrs,  nem que seja pra perder aqueles 0,7g pra caber no vestido do casamento do amigo do namorado ou pra ficar sarado pra ir pra praia com aquele pessoal e aquela amiga do amigo do seu amigo... Quem nunca???...
Eu já tentei tanto e tanto e tanto e digo que o que mais funcionou, o que mais me ajudou...

Porque voltar pra algo que eu já sai 2 vezes? Porque agora o negócio tá mais que sério! É a saúde que ta gritando e dizendo: Hey menina, você só tem 25 anos e gordura no fígado não é legal!! (isso soou meio ruim e esquisito), mas isso foi exatamente o alarme que soou na minha cabeça na sexta passada, após passar por 3 pronto atendimentos aqui em SP com dores abdominais absurdas...

Falar que é fácil, "ah vá... é memo???" claro que não, nunca, de jeito nenhum... mas acho que aqui vai ser mais fácil pra mim! Desabafando, mostrando as minhas dificuldades, dúvidas e medos que muitas vezes não são só meus... 
Hoje mesmo, geeeeeeeeente, a tarde veio aquela fome maldita e castigada dos infernooo, kkkkkk e a primeira coisa que vem na cabeça do gordo: um belo e lindo Big Mac com batata grande e coca... coxinha, cachorro quente, tão fácil de comprar, tão quentinho, tão barato, mas nããããão, resisti... comi minhas 6 bolachinhas de maizena com café (delícia, sqn) rsrsrsrs

Precisamos resistir aos gatilhos, aquilo que mais nos provoca a caída para a gordura para a quebra da nossa alimentação saudável!

Vamos parar pra pensar naquilo que mais queremos (pra mim):

Quantas vezes a gente já se olhou no espelho de um provador e sente uma inútil, uma gorda, ridícula, baleia e tudo mais que algumas pessoas pensam, mas não falam. Não estou querendo dizer que ser gordinha seja ruim, quem é feliz assim acho perfeito, lindo e admiro. Eu não consigo, eu finjo que sou, me mostro ser, mas não sou... e além disso agora tem a saúde... 

É ter 111 kg não é brincadeira, mas estou lutando, querendo e me mostrando... me encarando, me desafiando.

Temos que fazer pra gente, não pelos pais, pelo marido, pelo emprego. Temos que fazer pra nós. Buscar a NOSSA felicidade acima de todas as coisas.

E pra começar é isso!
#DesabafaquePassa

Nenhum comentário:

Postar um comentário